Micaretando - O site da folia

Por favor, atualize seu Flash Plugin.

Get Adobe Flash player

Coluna de PAULINHO CALDAS

  • Carreira Solo Na Bahia - Netinho / Luiz Caldas / Tuca / Ivete / Saulo.

    Publicada em: Outubro - 2018

    Por: PAULINHO CALDAS

    Carreira Solo Na Bahia - Netinho / Luiz Caldas / Tuca / Ivete / Saulo.

     

    O primeiro cantor que vi partir sem medo para uma carreira solo foi Luiz Caldas. Eu estava lá assistindo tudo. Passou por várias bandas e liderou uma a uma até poder cravar seu nome numa pedra. “Luiz Caldas”!

    Netinho. Uma das bandas que eu mais apreciava era a Beijo. Os discos eram muito bons. Os músicos, individualmente se completavam e formavam um ótimo conjunto. Netinho era a peça principal. Os discos eram lançados e a banda só fazia crescer. Ficou pequena para a Bahia e acabou indo parar no Rio De Janeiro. Imagino a alegria que eles desfrutaram ao cruzar a fronteira entre o regionalismo e o sucesso em todo o Brasil. Com o crescimento vieram maiores responsabilidades.

    Surgiram boatos sobre a saída de Netinho, mas quando a banda surgiu no carnaval com um bloco enorme e festeiro, os boatos cessaram. Mas aquilo era um prenúncio da saída de Netinho para fazer carreira solo. Como ele havia se tornado um homem rico e poderoso, ousou bastante. Deu o pontapé inicial em sua nova trajetória e colocou uma garota em seu lugar. Foi criada uma nova e feminina Banda Beijo. Alguns anos mais tarde a cantora também estourou e ficou conhecida como Gilmelandia.

    Não dá para lembrar do Jammil sem instantaneamente pensar em Tuca. A voz do cara tem tudo a ver com o carnaval da Bahia. Jammil foi uma das bandas mais prolíficas do Axé. Mas como tudo que é bom não dura para sempre, também acabou partindo para uma carreira solo. Eu não deveria deixar a minha opinião sobre a sua saída da banda, mas gostava tanto de vê-los juntos no carnaval que me senti roubado. Minha banda favorita estava desfigurada. Havia se transformado num grupo mais pop e menos carnavalesco. Tanto o Jammil como Tuca seguem faltando um pedaço.

    Saulo. Fiz parte por alguns meses da nova formação da Banda Eva.

    Ivete acabara de deixar a banda para trilhar uma brilhante carreira solo. Um jovem com cara de bom moço assumiu e lutou muito para reacender a banda. Foram anos difíceis, era um recomeço e a união fez a força. Saulo era realmente um cantor de banda e não um “solista solitário”. A Banda Eva, depois de uma dura ralação, explodiu como uma das maiores de Axé Music. Os discos passaram a vender, Ivete voltou e injetou a vitamina do amor. Fez lindos duetos com Saulo e o resto é história.

    Hoje, Saulo também trilha uma carreira solo. O cantor é bem comprometido com poesia e escreve todo santo dia.

VOLTAR